quinta-feira, 3 de abril de 2008

Você é vendedor de melancia ou comunicador?
















Locutor ou comunicador - Qual a diferença?

Existem muitos radialistas que mesmo depois de anos de experiência ainda não sabem diferenciar um locutor de um comunicador. A diferença é grande, sendo que o locutor é a peça chave para auxiliar na apresentação ou na venda de algum produto, daí a necessidade do locutor ter voz bonita, boa dicção e desenvoltura, já o comunicador é aquele que fala, conversa com o ouvinte, explora vários assuntos e sabe o que está dizendo. Mas o que percebemos é que existem nas rádios são vendedores de melancia achando que anunciar e desanunciar música, falar a hora certa e fazer perguntas do tipo: Que música você quer ouvir maria rapa côco? ...Oferece pra quem?! Ok maria rapa côco. ciao! E ainda acham que são estrelas. ...Estrelinhas e de décima quinta grandeza. Que os céus, as estrelas e as melancieiras nos perdoem. A seguir um pequeno trecho do texto de Mônica Sampaio uma grande profissional de comunicação.

Essa é a diferença.
O locutor, normalmente, não tem autonomia em sua fala; ele é escolhido pela sua voz e pela sua interpretação. Já o Comunicador, este sim, é escolhido pela sua postura; pela sua comunicabilidade. Mas, locutor ou comunicador , o importante e fundamental é que saiba fazer bem o seu trabalho. E ter em mente que a postura ética e profissional é um fator relevante em sua carreira. Ética É muito comum encontrarmos locutores que reclamam do estilo imposto pelos seus patrões. Ora, mas vamos analisar, juntos, essa questão. Quem é o proprietário do produto ou do veículo? Quem é que arca com as despesas e com todas as conseqüências? Não é o patrão/cliente? Portanto, mais do que justo ele determinar como quer o resultado. Cabe ao locutor, já que aceitou o trabalho, obedecer. Isso se chama profissionalismo.
Formação Profissional Um aspecto muito importante para o Locutor e para o Comunicador, é a formação profissional. A grande maioria dos colegas não atenta para isso; acredita que, só por gostar de Rádio e ter uma bonita voz, já está pronto. Engano grave; principalmente para a sobrevivência da profissão. A nossa classe perdeu prestígio e credibilidade justamente pelo fato do Locutor não procurar se aprimorar, tanto em termos de emissão da voz, quanto do uso da Língüa Portuguesa e cultura geral. Formação é o que diferencia o profissional do amador. Diferencia em termos de valorização. Existem outros aspectos importantes, tanto para quem quer iniciar a carreira, quanto para aperfeiçoar o desempenho do Locutor profissional. Um grande abraço! agradecimentos Mônica Sampaio
Fonte:
http://www.zarabrasil.com.br/index.php/2007111032/Dicas/Diversas/Para-ser-Locutor.html
Em breve Rádio News na rede - A rádio que toca o que você quer ouvir

Nenhum comentário: